13 de mai de 2010

13 de maio

Certas datas servem prá se pensar. Prá mim, 13 de maio é uma delas. O Brasil como todo país, é o que é hoje por causa de sua História, construida por fatos e decisões de governantes, e pelo trabalho duro de seu povo, por mais de 500 anos.

Povo que é fruto de forte miscigenação racial e sincretismo cultural e religioso, e tudo isso em relativa paz se compararmos a outros contextos. Mas essa paz teve um preço.
Somos hoje cheios de contrastes, matizes, temos dentro de nosso território diferenças  culturais claras, o que às vezes nos faz pensar que temos diversos países em um só.

Temos problemas sérios ainda por resolver. Temos dívidas históricas como por exemplo como foi feito todo o processo de abolição, abandonando ao Deus dará pelas ruas os negros escravos alforriados ou libertos após as Leis. 
Sem alfabetização, sem emprego, sem encaminhamento, muitos sucumbiram ao álcool, vagando pelas cidades perderam suas poucas posses por pura ignorância e despreparo.

 Até hoje, há diferenças salariais, de tratamento e discriminação com descendentes desses mesmos trabalhadores, aqueles que auxiliaram coronéis a enriquecer com a cana, que colheram muito café para os barões, que pentearam muitas sinhazinhas. Que auxiliaram o país a ter a música que ganha tantas divisas, que exporta jogadores de futebol para o mundo. Nossa cultura deve muito a esses povos africanos que foram obrigados a estar aqui.

E hoje, somos um país que ainda não conseguiu resolver seu analfabetismo, que ainda tem maternidades sem um básico respirador para seus prematuros, que ainda tem milhares de crianças fora da escola e trabalhando enquanto deveriam estar brincando.
  
Nossa população gasta tão somente 1,65% de seu orçamento anual em livros; que registra 70% de seu total de habitantes sem ter visitado vez sequer algum museu ou ainda 60% jamais ter entrado em uma sala de cinema em pleno século XXI (MinC/IPEA/2007).

Temos muito a refletir,  muito mais a agir.

Nenhum comentário: