24 de jun de 2009

Ilustres Picaretas

Alguém por ai sabe onde foi parar o sentimento de indignação do povo?
Se descobrirem, me digam. Sei que o meu está aqui, mas não vejo mobilização nenhuma para mudar a elite política deste país, a não ser quando chega perto das eleições e alguns dizem, na minha opinião alienadamente, que não vão votar, ou vão anular. Inutil.
A cara de pau e a sensação de impunidade é tanta, que chega a doer. E isso vem acontecendo há anos. E mais: aquele é um lugar onde as pessoas trabalham de terça a quinta, férias de três meses, onde se tem todas as regalias e confortos, carros novos, ar condicionado, passagens aéreas, verbas extras, entram grátis onde todos nós pagamos, turismo ao exterior nas curriolas de ditos "projetos parlamentares" ou seminários, que ninguém sabe direito prá que servirão, fora tudo que se mantêm "secreto" como todas as 600 contratações e decretos de regalias que estão sendo descobertas agora.
E o contracheque chega a 24 mil reais!
Enquanto isso, o povo sai de casa às 4 da manhã para conseguir pegar aquela lata de sardinha sem amortecedor, e depois se encaixar na multidão prá entrar no trem do metrô (no vagão prá onde a turba empurrar, porque nem tem dado prá escolher) e chegar no trabalho na hora, quando tem trabalho... e batalhar dia a dia prá sobreviver com dignidade.
E claro, continua ensinando pros filhos que roubar é crime, que honestidade é valor nobre, que trabalho é digno, etc. etc. etc.
É duro, nobre colega....

Nenhum comentário: