6 de mar de 2009

Dia Internacional da Mulher? Ando indignada com algumas notícias desses últimos dias, mas, mesmo assim não posso dizer que fico perplexa. Quando vejo uma menina de 9 anos estuprada pelo padrasto que a abusava e da irmã deficiente mental (ainda mais essa)havia tempo e ninguém fez nada. Aliás, fizeram sim, depois que ela estava grávida de gêmeos fizeram um aborto... Quando vejo a postura do bispo que declarou excomungada a equipe que protegeu a vida da garota incluindo suas possibilidades de futuro... Quando hoje escutei a notícia de mais uma professora agredida por aluno em sala de aula, indo parar no hospital e por lei, sem poder fazer reclamação formal ou processo por ser funcionária pública... Essas são recentes. Casos como esses não são raros e tem se tornado frequentes. Se junto a isso lembrarmos dos salários mais baixos, do preconceito em diversas áreas de trabalho que ainda hoje presenciamos, do trabalho e da prostituição infantil, do aumento de infecção de Aids e DSTs em mulheres por seus próprios parceiros, eu pergunto: Alguém acha que devemos festejar algo? Sem esquecer e prá pensar São as mulheres, mães, tias, professoras, avós, as grandes responsáveis pela educação dos filhos homens.

Nenhum comentário: